Julho é o último mês para renovar CNHs vencidas em maio e junho de 2021

Da Redação

Motoristas que tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida nos meses de maio e junho de 2021 e ainda não renovaram o documento precisam regularizar a situação até o dia 31 de julho de 2022.

A norma foi estabelecida pela deliberação 243 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de 09 de novembro de 2021, que definiu um cronograma completo para CNHs que tiveram vencimento entre 1º de março de 2020 e 31 de dezembro de 2022.

A solicitação de renovação do documento pode ser feita online (Divulgação)

O período para a regularização é feito com base no mês de vencimento do documento. Por exemplo, os documentos vencidos entre maio e junho do ano passado deverão ser renovados até 31 de julho deste ano.

Em caso de fiscalização, dirigir com CNH vencida é uma infração gravíssima, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A multa para esse tipo de penalidade é de R$ 293,47, além de sete pontos na carteira.

A solicitação de renovação do documento pode ser feita online, pelo portal do Detran.SP, Poupatempo ou aplicativo Poupatempo Digital. O condutor, no entanto, não deve ter qualquer tipo de bloqueio no prontuário, como CNH suspensa ou cassada, por exemplo.

“Embora os prazos tenham sido suspensos em março do ano passado, o Detran.SP disponibilizou durante todo o período da pandemia a renovação de CNH por meio da plataforma online. Em apenas alguns cliques, de forma segura e sem burocracia, o motorista pode efetuar o serviço sem a necessidade de ir a um posto presencialmente”, destacou Neto Mascellani, diretor-presidente do Detran.SP.

Mas se a pessoa optar por fazer o processo de forma presencial, deve ser feito agendamento no portal do Poupatempo no posto que deseja ser atendido. A renovação das categorias C, D ou E: o primeiro passo é marcar exame toxicológico em uma das clínicas credenciadas.

Para as CNHs categorias A e B, marque a data e hora para exame médico com um profissional credenciado pelo Detran. No caso de profissionais que exercem atividade remunerada é necessário que se faça também o exame psicológico.

Depois, pague a taxa de emissão do documento (R$ 116,50), que inclui o envio pelos Correios (Banco do Brasil, Bradesco, Santander e casas lotéricas).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here