Homem era pago para manter drogas escondidas em casa

Por Bruno Manson
[email protected]

Uma operação conjunta realizada pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) e pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) desarticulou um esquema de tráfico de drogas que vinha ocorrendo na Vila Brasil. A ação policial ocorreu na quinta-feira (20) e resultou na prisão de dois homens, além da apreensão de um tablete de maconha e porções de cocaína e crack.

Tráfico: drogas foram encontradas em casa situada na Vila Brasil (Divulgação/Polícia Civil)

Batizada de Operação Siri, a ação teve como ponto de partida a casa de um dos detidos. Em cumprimento à busca domiciliar, os policiais civis encontraram os entorpecentes, embrulhados em uma sacola, no quarto do indiciado. Foram apreendidos um tijolo de maconha pesando 566 gramas, além do total de 16 gramas de cocaína e uma pedra média de crack de 31 gramas.

CONFISSÃO

Prosseguindo as buscas, a equipe policial encontrou a quantia de R$ 320 e ainda uma balança de precisão, utilizada para pesagem da droga, na cozinha. Ao ser questionado, o morador confirmou que estava guardando a droga para o vizinho e que recebia a quantia de R$ 50 à R$ 100 por semana para esconder o entorpecente em sua residência. Diante da confissão, os policiais civis detiveram o outro suspeito e ambos foram encaminhados para o Plantão Policial, permanecendo presos à disposição da Justiça.

OUTRA PRISÃO

As equipes da Dise e DIG também prenderam um rapaz investigado pelo envolvimento com o tráfico de drogas no Jardim Rosário. Durante ação realizada na terça-feira (18), os policiais civis surpreenderam o indivíduo com duas trouxinhas de contendo crack ainda não fracionado, pesando 4,7 gramas. Em buscas na residência dele foi encontrado um papelote de maconha e a quantia de R$ 681. O suspeito foi preso em flagrante e recambiado para a Cadeia Pública.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here