Instituto Federal realiza evento online ligado à cultura

Grupo Jukebox: um dos que já participou do projeto de extensão desenvolvido pelo IFSP (Arquivo/Educação em Direitos Humanos)

O Projeto ‘Educação em Direitos Humanos: arte e ciência’, já existe desde 2010, criado inicialmente como projeto de extensão do campus São João do Instituto Federal de São Paulo (IFSP).

Nesta quarta-feira (28), às 21h, será realizado o evento ‘Contos & Curtas – Mulheres’, que será transmitido ao vivo pelo YouTube ‘PósemhumanidadesIFSPSBV e Facebook /ifspdireitoshumanos, sendo aberto à participação de todos os interessados.

O professor Hélio Sales Rios, um dos responsáveis pelo Projeto, conta que nesta atividade, com o tema ‘Mulher’, será exibido um curta-metragem, ‘casado’ com um conto literário e seguido de uma roda de conversa com a participação do público.

“Quando era presencial [o evento], tínhamos duas parcerias importantes, o grupo de Teatro JukeBox e o de maracatu Grupo Baque de São João, ambos do nosso município. Mas, em razão da necessidade do distanciamento por causa da pandemia, tivemos que realizar atividade remotas, online. Duas são as formas de participação do público: acompanhar as ações realizadas pela equipe que coordena o Projeto e seus convidados ou nos solicitar para fazer alguma apresentação artística sobre o tema Direitos Humanos. A participação é gratuita, os interessados podem entrar em contato com a equipe pelo Facebook: ifspdireitoshumanos”, justificou.

Quem quiser se apresentar com alguma manifestação artística – música, poesia, teatro, entre outras- será bem-vindo, desde que o conteúdo tenha alguma ligação com direitos humanos, como por exemplo, questões de raça, gênero, violência e assim por diante.
“Temos uma equipe formada, eu, na coordenação, mais três professores e quatro estudantes da pós em Humanidades, e este grupo organiza os eventos, faz a agenda, garante o suporte técnico e a divulgação”, completou.

Sobre o projeto ‘Educação em Direitos Humanos: arte e ciência’, Hélio enfatiza que este tem por objetivos, primeiramente a conscientização sobre os temas dos direitos humanos à população de São João e região, por meio de vídeos e lives, com palestras e apresentações artísticas.

“Em segundo lugar, visa a formação de agentes multiplicadores, aptos a reproduzir as informações em seus espaços de atuação, tais como escola, igreja, movimento social etc; promover atividades fundamentadas em estudos e resultados academicamente científicos, a fim de contrapor os preconceitos fundados em Fake News; e, ao final do projeto, pretende-se produzir artigos de divulgação dos resultados obtidos com a finalidade de se estabelecer intercâmbios entre as instituições que realizam ações sobre direitos humanos”, finalizou.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here