EDITORIAL: Usem máscara sim!

Caros assinantes e leitores sanjoanenses, convém não cair em outra bravata ‘destilada’ pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), especialmente no que tange à fanfarronice mais recente: solicitação de um ‘parecer’ ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, com finalidade de desobrigar o uso de máscaras a pessoas que já foram vacinadas ou que já foram infectadas pelo Sars-CoV-2, vírus causador da Covid-19.

Além de não ser de bom tom, o pedido vai em total desencontro com todas as já massificadas medidas de segurança recomendadas por cientistas, especialistas e autoridades sanitárias dos mais renomados órgãos de saúde nacionais e internacionais.

A fala do disparatado reincide justamente em mais um momento no qual os indicadores de transmissão da doença, assim como a projeção de que mais 150 mil mortes possam ocorrer nos próximos meses, tendem a crescer – o Brasil caminha à triste marca de meio milhão de vidas perdidas.

Na sexta (11), porém, acuado, o ‘capitão’ recuou e ironizou ao dizer que a palavra final sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras é de Queiroga, governadores e prefeitos: “Eu não apito nada, né?!”. Este argumento obstinado e infundado de Bolsonaro já foi derrubado pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) desde o ano passado, já que a decisão da Corte determina que a União é a responsável por coordenar as ações.

Portanto, senhores, pelo bem comum, pelo seu bem, de sua família, da economia e do País, façam prevalecer o bom senso, de preferência à distância da tamanha teimosia, e usem máscara sim!

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here