Tribunal de Contas do Estado escolhe UniFAE para projeto-piloto

Virtual: reitor Marco Aurélio Ferreira participou de reunião com integrantes do TCE (Divulgação/Ascom UniFAE)

O Centro Universitário UniFAE foi o escolhido entre todas as autarquias municipais da região para participar do projeto-piloto inédito de fiscalização remota desenvolvido pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP).

Segundo o UniFAE, em função da pandemia e da impossibilidade de ações in loco, o Tribunal adotou o uso de ferramentas de tecnologia da informação para cumprir seu papel orientativo e fiscalizatório dos entes públicos.

A iniciativa, ainda em fase de implantação, consiste na formação de equipes técnicas que atuarão online, por meio de aplicativo específico, na verificação do cumprimento das metas contábeis, financeiras, orçamentárias e operacionais das instituições passíveis de fiscalização pela corte de Contas.

REUNIÃO
A primeira reunião virtual para ajustes de procedimentos ocorreu no dia 16, entre o reitor do UniFAE, prof. dr. Marco Aurélio Ferreira; o diretor da Unidade Regional do TCE em Mogi-Guaçu, Vanderlei Marçola; e William dos Santos Guilherme, agente da Fiscalização do Tribunal de Contas.

“É uma medida embrionária que o TCE ainda não disciplinou, mas que poderá ser efetivada futuramente, após a definição da metodologia e aplicada institucionalmente. Pela sua dimensão administrativa, a[o] UniFAE está nos ajudando a verificar se o procedimento é exequível”, comentou o diretor da unidade regional do Tribunal.

Para Marco Aurélio Ferreira, o fato de o UniFAE ter sido o selecionado para o projeto-piloto do TCE valoriza as boas práticas de gestão desenvolvidas pelo Centro Universitário.

“Isto nos fortalece no sentido de aperfeiçoar os mecanismos de controle e na redução de apontamentos do próprio Tribunal. Outro aspecto desse modelo de fiscalização é o estreitamento de relações entre a[o] UniFAE e o TCE. Entendo que o TCE não apenas fiscaliza, mas colabora com a gestão”, afirmou o reitor.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here