Vanderlei é alvo de fake news em Pinhal

Documento falso: carta-convite traz inúmeros erros e Prefeitura diz tratar-se de fake new (Reprodução)

A Prefeitura de São João estuda medidas judiciais para apurar uma fake news que circulou recentemente em Espírito Santo do Pinhal envolvendo o prefeito Vanderlei Borges Carvalho (MDB).

O caso veio à tona no sábado (7) – curiosamente há uma semana das eleições –, quando um jornal pinhalense publicou uma matéria mencionando a suposta oferta de um terreno que a Administração sanjoanense teria feito para uma empresa daquela cidade e que atua no ramo de café.

Em meio à matéria, ainda consta um suposto ofício/carta-convite da Prefeitura de São João. Contudo, o documento, segundo a Prefeitura, é falso e traz uma série de informações incorretas, conforme revela o Departamento de Comunicação.

DOCUMENTO FALSO

Em contato com O MUNICIPIO, a assessoria explicou que o suposto ofício publicado está com diversos erros. Logo no cabeçalho, consta os dizeres “Departamento de Administração – Gabinete do Prefeito”, contudo, esses dois órgãos não são atrelados. Além disso, quem trata deste tipo de assunto na Prefeitura é o Departamento de Desenvolvimento Econômico.

Outro erro é com relação ao local e data em que teria sido agendada a suposta reunião com o prefeito. No documento consta o endereço do antigo Pátio Centralizador de Serviços, que ficava à avenida Durval Nicolau. No entanto, o imóvel que havia no local foi demolido há meses, uma vez que o pátio foi transferido de área. Vale destacar ainda que o Departamento de Administração não fica junto ao pátio.

Em meio a esses erros, a assessoria da Prefeitura de São João ainda observou que estes tipos de tratativas com empresas não são feitos por meio de carta-convite. Diante disso, a administração municipal informou que estuda tomar providências jurídicas em relação a este caso.

EMPRESÁRIO COMENTA O CASO

O jornal O MUNICIPIO entrou em contato com um dos representantes da empresa em Pinhal, o qual comentou sobre o caso. Ele relata que há algumas semanas recebeu uma ligação de uma pessoa se identificando como a secretária de Vanderlei.

Durante a conversa, ele teria conversado com uma pessoa que se passou pelo prefeito sanjoanense e que adiantou que enviaria uma carta-convite para a empresa.

Alguns dias depois disso, o empresário recebeu o documento, agendando uma reunião para tratar da suposta oferta de um terreno.

Ainda em contato com a reportagem, o representante da empresa relatou estar surpreso com este fato e já se prontificou em contatar a Prefeitura de São João. Finalizando, ele acredita que este fato tenha ocorrido com “fins políticos”, devido a eleição municipal.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here