Memorial Pagu está pronto para ser inaugurado

Memorial: objetos de diversos segmentos estão expostos (Divulgação/Prefeitura de São João)

O Memorial Pagu, localizado à rua Benedito Araújo, 44, região central de São João da Boa Vista, nas dependências do Centro Cultural Pagu, já está equipado com fotos, livros, documentos, textos avulsos, artigos, entre outros materiais ligados à trajetória de vida da jornalista, escritora e militante política Patrícia Rehder Galvão, a Pagu.

“O Memorial Pagu está praticamente pronto. O trabalho de seu curador, o historiador e médico Rodrigo Rossi Falconi, foi fundamental para chegarmos nesse resultado. Tão logo estejamos na cor verde do Plano São Paulo contra a Covid-19, abriremos ao público”, avisou Helio Correa Fonseca Filho, o diretor de Cultura.

Ele também pontua que a principal finalidade deste Memorial, para a cidade, é dar acesso para que todos que se interessem em conhecer detalhes sobre Pagu – quem foi ela no cenário local, nacional e internacional -, possam descobrir tais informações, ao visitar o ambiente.

A seleção inclui verdadeiras relíquias como, por exemplo, imagens da participação de Pagu no concurso da Fox Filmes, em 1927, e de quando, em 1929, a escritora esteve na Estação Pedro II, no Rio de Janeiro, ao lado de Anita Malfatti, Benjamim Péret, Tarsila do Amaral, Oswald de Andrade e Eisie Houston.

Outro detalhe que poderá ser conferido, quando da liberação das visitas, é o modelo de uma obra com o rosto de Pagu, produzida em 1933, no formato óleo sobre tela, pelo artista plástico Cândido Portinari.

Além disso, o acervo inclui 43 livros ligados à sanjoanense, o que foi providenciado pelo curador, Rodrigo Rossi Falconi.

“Ficou pronto o Memorial Pagu. [Nele] estão presentes diversas obras que ela escreveu e que escreveram sobre ela. Ficou um espaço muito bonito dentro do Centro Cultural, que já leva o seu nome e que foi inteiramente reformado”, enfatizou o médico e historiador Falconi.

Helinho, por sua vez, revela que, tanto ele como o prefeito Vanderlei Borges de Carvalho (MDB), estão muito satisfeitos com o resultado da implantação desse Memorial, que consideram um marco na cultura sanjoanense.

ANSIOSOS POR VISITAR
Alguns sanjoanenses que puderam visualizar as imagens do espaço reformado, pelas redes sociais, já demonstram muita vontade de conhecê-lo de perto.

“Amo aquele lugar! Passei minha puberdade e adolescência lá! Sem ficha pra poder retirar livros, passava as tardes lendo por lá! Muito feliz de vê-lo revitalizado!”, comentou Antonio Domenc, produtor cultural.

“Orgulho de sermos vizinhos desse lugar fantástico! Já está podendo visitar?”, indagou Bruno Caggiano, professor e diretor na Cia Artes Insanes, localizada quase em frente ao Memorial.

Diversos outros artistas também elogiaram a iniciativa de reformar o prédio e trazer o Memorial Pagu para o interior deste.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here