Homem confessa ter violentado menino de 3 anos em Vargem Grande do Sul

A Polícia Civil de Vargem Grande do Sul prendeu um homem, de 55 anos, suspeito de estuprar um menino de 3 anos. O caso ocorreu na zona rural do município e teve um desfecho no domingo (17), conforme informações do jornal Gazeta de Vargem Grande.

De acordo com o delegado Antônio Carlos Pereira Júnior, os familiares do garoto acionaram o Conselho Tutelar no sábado (16) para denunciar o caso. Conforme o relato, a mãe da vítima começou a suspeitar de algo errado com o filho, ao notar que este se queixava de dores na região genital. Ao verificar, ela notou alguns ferimentos e contou para o marido, que é o padrasto da criança, o qual também estranhou o fato.

 

DESCOBERTA

Neste mesmo dia, o padrasto pegou o celular do pai dele e encontrou fotografias do menino de calças abaixadas, além de imagens do suspeito tocando a criança e ainda um vídeo, com cenas do homem tentando ter relações com a vítima.

Transtornado com o que viu, o padrasto da criança foi tirar satisfações. Houve troca de agressões e ele acabou ferindo o pai no braço. Na ocasião, o suspeito conseguiu fugir e a família dirigiu-se ao Conselho Tutelar para relatar o ocorrido.

Após a denúncia, o caso foi registrado no Plantão Policial e a mãe acompanhou o menino ao Hospital de Caridade. A Polícia Militar foi acionada para procurar o autor do crime, mas ele não foi localizado. Já na residência do suspeito, os pms encontraram uma espingarda.

Ao tomar conhecimento do caso, o delegado registrou o caso pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), como estupro de vulnerável, além da agressão e a posse irregular de arma de fogo. Foi representada pela prisão temporária do homem junto ao Plantão da Justiça, em São João da Boa Vista – pelo fato de ser final de semana.

 

A PRISÃO

No domingo (17), por volta das 12h, a Polícia Militar recebeu a informação que o indivíduo havia retornado à sua casa. O delegado foi comunicado sobre o fato e, ao consultar o sistema da Justiça, verificou que o mandado de prisão havia sido expedido.

Uma equipe formada por policiais civis e militares foi até o sítio onde o suspeito mora e o deteve, encaminhando-o para à Cadeia Pública de São João da Boa Vista.

 

FRIEZA

Na segunda-feira (18), a mãe e o padrasto do garoto foram ouvidos na delegacia. Já na terça-feira (19), foi a vez do suspeito ser ouvido. Na ocasião, ele confessou a autoria do crime, alegando que teria sido uma única vez e que não tinha chegado a penetrar o menino.

Com autorização dele, o celular foi submetido a análise para verificar a existência de outras imagens e saber com exatidão quando ocorreu o crime.

De acordo com o delegado, tanto no dia da prisão, como também no momento do interrogatório, não foi notado nenhum arrependimento por parte do autor.

 

ABUSO INFANTIL

A Polícia Civil de Vargem Grande do Sul investiga atualmente 10 casos de estupro contra crianças e adolescentes. Contudo, o delegado acredita que este número pode ser maior, uma vez que não são todas as vítimas que denunciam os abusos.

Diante disso, Pereira Junior afirma que os familiares devem permanecer atentos aos cuidados com as crianças, especialmente se houver mudança de comportamento. Ele enfatizou ainda a necessidade de se manter sempre um diálogo e, caso seja notado algo diferente, conversar para saber o que está havendo.

As denúncias podem ser feitas na delegacia e também pelo Disque 100 (Disque Direitos Humanos), por meio do 180 ou junto ao Conselho Tutelar de Vargem Grande do Sul.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here