Prefeitura abre inscrições para 446 novas casas

Lançamento: solenidade foi realizada na Prefeitura de São João e contou com autoridades (Franco Junior/O MUNICIPIO)

O Jardim Nova União foi lançado oficialmente pela Prefeitura de São João na tarde desta sexta-feira (29), na sede da administração municipal. No bairro, localizado na Zona Sul da cidade, serão construídas 446 casas. Além disso, a Ecovita, responsável por edificar o loteamento em parceria com a Ponto Alto e a administração municipal, deixará toda infraestrutura do bairro pronta. Desta forma, quando os imóveis estiverem finalizados, o conjunto habitacional já contará com creche, áreas de lazer, academia ao ar livre e playgroung, por exemplo.

As inscrições para concorrer a uma dessas casas começam na segunda-feira (2), se estendendo, posteriormente, até o dia 20 de dezembro. No período, as famílias que se enquadram nos critérios para a atualização de cadastro e inscrição poderão se dirigir ao Parque Municipal Espaço Jovem Osmar Garcia (antiga Ceagesp), localizado à rua Santo Antonio, 632, das 8h às 12h e das 13h às 17h, portando os documentos requisitados. A promoção é da prefeitura, por meio da Assessoria de Habitação.

Segundo a prefeitura, poderão se inscrever famílias que não possuam imóveis na Comarca de São João da Boa Vista e residam ou trabalhem em São João há pelo menos cinco anos. Outro critério é ter família constituída há mais de seis meses, sendo entendido como tal marido e mulher, com ou sem filhos, união estável e relação homoafetiva. Também serão aceitos mães e pais solteiros ou separados e viúvos, desde que tenham filhos sob sua responsabilidade.

RENDA E VALOR DO IMÓVEL
Serão permitidas somente as inscrições de famílias com renda mensal de, no mínimo, R$ 1.800, devidamente comprovada com registro em carteira de trabalho ou outra forma documentada e aceita pela Caixa Econômica Federal.

Os interessados deverão apresentar cópia de seus documentos pessoais e de familiares: CPF, RG, carteira de trabalho (página de registro e última atualização salarial) ou três últimos holerites, certidão de casamento ou comprovante de união estável. Pais e mães com filhos sob sua responsabilidade devem levar cópia da certidão de nascimento.

O valor de cada imóvel será de R$ 124 mil, sendo que haverá necessidade de entrada de R$ 11.200, a qual poderá ser parcelada em até 36 vezes. A mensalidade do parcelamento para uma família com renda mensal de R$ 1.800 (critério mínimo para concorrer) será de R$ 540.

De acordo com a Ecovita, o projeto está em fase de aprovação junto à Caixa Econômica Federal. A estimativa da empresa é de que as obras comecem entre 60 e 120 dias.
“São João possui, atualmente, cerca de 5.000 famílias que pagam aluguel e precisam de casa própria. É muito importante que a gente possa contribuir para que, de alguma forma, elas consigam ter um imóvel próprio. Desde que comecei o meu primeiro mandato e até finalizar o meu segundo, contando as casas que serão construídas, teremos entregado mais de 1.500 residências a quem mais precisa”, ressaltou o prefeito Vanderlei Borges de Carvalho (MDB) durante a cerimônia de lançamento do Jardim Nova União.

A solenidade contou com a presença de diretores da prefeitura, representantes das empresas Ecovita e Ponto Alto e dos vereadores Bira Domiciano (MDB), Moretto (DEM), Patrícia Magalhães (PSDB), Professora Can (PDT), Rui Nova Onda (PTB), Sebastião Neris (PV) e Titi (PSDB).

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here