Sector abre filial nos EUA e dá nome ao primeiro avião

A Sector Aircraft, fábrica sanjoanense de aviões, já trabalha para realizar o planejamento de ser a empresa número um em vendas nos Estados Unidos antes mesmo de finalizar sua primeira aeronave. A fábrica deve finalizar o avião em janeiro e, para que a meta de ser líder no mercado americano seja concretizada futuramente, abriu filial em Orlando, nos EUA.

Ao mesmo tempo em que passa a ser uma empresa sanjoanense multinacional, a Sector nomeou o seu primeiro avião, no último final de semana. Agora, o até então projeto SL1 passa a se chamar Hero.

Imagem demonstrativa da aeronave Hero – (Divulgação/Sector)

“O lançamento do nome do avião é uma etapa muito importante para uma empresa. Isso porque, elas começam apenas com o número do projeto e quando o avião está perto de ser finalizado, ele ganha seu nome. Com isso, o nosso projeto SL1 passa a se chamar agora Hero”, destacou André Godoy, que é proprietário e engenheiro da Sector.

MULTINACIONAL
Godoy revelou ao O MUNICIPIO que a ideia já possuir uma filial em solo norte-americano ocorreu devido ao projeto de ser número um em vendas de aviões da categoria e também por conta da grande quantidade de intenções de compras das aeronaves Sector nos EUA.

“Desde o início, trabalho para que esse avião não seja apenas nacional, mas que seja globalizado para que a gente atinja todas as partes do mundo. Com isso, agora abrimos uma empresa nos EUA, fazendo com que a Sector se torne multinacional. Como estamos recebendo muitas intenções de compras dos EUA e nossa meta é ser número um de vendas nos Estados Unidos, precisávamos dar esse passo e abrir uma filial”, explicou.

O empresário faz questão de frisar que, mesmo com a abertura da filial nos EUA, “a Sector é uma empresa sanjoanense”. “Nossa matriz é aqui em São João, no aeroporto, onde está sendo construído nosso primeiro avião e onde serão construídas as futuras aeronaves. Na nossa filial em solo norte-americano serão feitos os ajustes finais dos aviões vendidos nos Estados Unidos. Temos agora, então, essa filial em Orlando, nos Estados Unidos, que é a Sector Aircraft Corporation, e a nossa matriz, em São João, que é a Sector Aircraft Ltda.”, salientou.

Futuramente, assim como revela Godoy, a filial será transferida para outra cidade do Estado da Flórida, nos EUA, e não ficará mais em Orlando. “Precisávamos fazer isso agora e já possuirmos uma empresa nos Estados Unidos para que no ano que vem a gente comece a fazer as vendas dos nossos aviões”, comentou.

Nos EUA: André Godoy (direita) fecha parceria com a fabricante de hélices Sensenich – (Foto: Divulgação/Sector)

PARCERIAS INTERNACIONAIS
A Sector Aircraft possui parcerias com grandes empresas internacionais que fabricam elementos que compõem aviões. De acordo com André Godoy, isso fará com que o Hero saia de fábrica contendo “os melhores equipamentos possíveis”. As norte-americanas Garmin, Sensenich e Solidwords, além da francesa Behringer, são as empresas com que a Sector já possui parcerias para a construção de seus aviões.

“A Garmin é a maior fabricante de instrumentos, parte eletrônica e painéis, assim como a Sensenich fabrica as melhores hélices para aviões da nossa categoria. Fechamos essa parceria diretamente na fábrica e já até pegamos a hélice que será utilizada no primeiro Hero. Com o acordo fechado com a Behringer teremos o melhor conjunto de trens de pouso que um avião pode ter. Isso sem contar a da Solidworks, que é nossa grande patrocinadora. Estamos colocando só itens de primeira no nosso avião. Tudo que existe de melhor o Hero está recebendo”, completou.

PRIMEIRO VOO
Segundo André Godoy, o Hero já possui 90% da parte estrutural concluída. Desta forma, o empresário já planeja o primeiro voo do avião Sector para os dois primeiros meses de 2019. Após isso, uma festa de lançamento da aeronave deve ser realizada em março, na sede da Sector em São João.

“Estamos seguindo o cronograma que traçamos no início do projeto e estamos completando cada uma das etapas. Algumas coisas acabam sendo completadas antes e outras demoram um pouco mais, mas está tudo acontecendo e sendo realizado. Estamos fazendo de tudo para que o primeiro voo saia entre janeiro e fevereiro, para que a festa de lançamento do avião seja em março”, finalizou.

Por Franco Junior.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here