Férias escolares chegam para 11.915 alunos de São João

Pelo menos 11.915 alunos devidamente matriculados nas redes municipal e estadual de ensino entram em período de férias escolares em São João da Boa Vista. Em ambos os casos, todos retomarão as aulas do segundo semestre em 30 de julho.

Os estudantes da rede estadual iniciaram as férias em 28 de junho. Em São João, são cerca de 5.515 alunos de 11 escolas estaduais. No Estado, são 3,7 milhões de estudantes matriculados em escolas da Secretaria da Educação de São Paulo.

Quanto aos estudantes da rede municipal, aproximadamente 6.400 dos 6.977 alunos estarão em férias a partir desta quinta-feira (5). O recesso escolar começa nesta sexta (6) e segue até o dia 29 de julho.

Segundo a Diretoria Municipal de Educação, nesta sexta haverá o conselho de classe e, de 9 a 20 de julho, os professores estarão de recesso escolar. As aulas retornarão no dia 30. No entanto, entre os 23 e 27 será a capacitação dos professores de Creche, Ensino Infantil e Fundamental, na Parada Pedagógica.

“No período de férias [recesso] dos alunos, as creches e o período Integral estarão atendendo as crianças cujos pais/responsáveis estiverem trabalhando [plantão de atendimento], mesmo sendo um período importante para a convivência familiar e descanso da rotina escolar para todos”, disse Maria Helena Angelini Santana, diretora municipal de Educação.

Quanto ao encerramento do 1º semestre, Maria Helena esclareceu que nos dias 30 de abril e 1º de junho, onde foram decretados pontos facultativos, não houve prejuízo pedagógico e nem necessidade de reposição.

“No calendário escolar constava reunião pedagógica, sem aluno. Portanto, a reposição só é necessária para os professores e administrativo para compensar as horas não trabalhadas, que podem ser repostas com uma hora de trabalho a mais por dia ou em atividades pedagógicas extras”, destacou.

A diretora afirmou ainda que, nas suspensões dos períodos (manhã ou tarde) por conta dos da Copa do Mundo na Rússia, haverá reposição de conteúdos para os alunos e compensação de horas pelos funcionários, pois o dia letivo do calendário foi cumprido em um período.

Maria Helena ressaltou que o calendário do Ensino Infantil e Fundamental conta com 200 dias letivos, que deverão ser cumpridos até 20 de dezembro, quando se encerra o ano letivo.

ESCOLAS ESTADUAIS

Na rede estadual, as férias escolares tiveram início em 28 de junho. No calendário, publicado no DOE (Diário Oficial do estado), a data é a mesma em todas as 5.000 unidades de Ensino Fundamental, Médio e EJA (Educação de Jovens e Adultos).

As aulas do segundo semestre têm começo agendado para 30 de julho. Para garantir o cumprimento dos 200 dias letivos, previstos na LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação), as escolas devem encerrar a programação pedagógica na segunda quinzena de dezembro.

Durante o período de férias, o programa Escola da Família também entra em recesso. A pausa vai até 21 de julho.

Segundo a Secretaria da Educação de São Paulo, na volta, serão retomadas as ações da Campanha do Agasalho. “Roupas, calçados e cobertores usados e em boas condições podem ser entregues e todo o material arrecadado é repassado a entidades assistenciais”, informou.

Ao longo de julho, as escolas recebem matrículas de novos alunos interessados em ingressar na rede estadual. Para fazer o cadastro, a Pasta orienta que basta se dirigir à unidade de ensino mais próxima de casa ou do trabalho e preencher o formulário.

É indicada a apresentação de documento de identidade (certidão de nascimento e RG) e comprovante de residência. No caso de alunos menores de idade, o cadastro deve ser feito por pais ou responsáveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here